quarta-feira, 18 de setembro de 2013

OLHO PARA MIM


Olho para  mim
E não me reconheço
Se o espelho da minha casa
Mostrasse a minha alma
Eu também não me reconheceria?
Quem sou eu afinal?

Isabel Morais Ribeiro Fonseca


.