domingo, 16 de fevereiro de 2014

"MEDO E CANSAÇO"

"MEDO E CANSAÇO"

Estou tão cansada.
De ser reprimida por todos
Dos meus medos, destas feridas
Que parecem não cicatrizar esta dor que é muito real
Que o tempo não consegue apagar
Chorei...chorei enxuguei todas as minhas lágrimas
Gritei.....gritei e lutei contra todos os meus medos
Rosto assombrado dos meus sonhos desagradáveis
Expulsei ......expulsei toda a sanidade que avia em mim
Feridas no peito que parecem não querer cicatrizar
Esta dor.....que o tempo não consegue apagar
Embora tu ainda esteja comigo.
Eu tenho estado sozinha...todo este tempo
Lutando contra esta dor que queima-me
Todo por dentro....como se andasse no inferno em chamas.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca