quarta-feira, 30 de abril de 2014

"MEMÓRIA"

"MEMÓRIA"

Nos estendais espalhados.
..........Espalhados da minha memória.
Desfraldam com os ventos.
.........Com ventos da saudade.
Do teu beijo, abraço, carinho
..........Depositei no teu peito.
Toda a minha desnudes.
..........Senti o aroma do teu corpo.
Um perfume doce, doce suave.
............Onde jazia o desejo
Ensurdecedor, da nossa história

Isabel Morais Ribeiro Fonseca